banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

Futebol brasileiro faz 125 anos: história e legado

Em 1895, Charles Miller e times de imigrantes faziam a primeira partida organizada no Brasil.


O ano é 1895. De certa maneira, o futebol já havia aparecido em terras brasileiras, aqui e ali, como prática recreativa trazida por imigrantes e marinheiros europeus. Porém, não havia equipamentos (e sequer interesse, até então) no país para uma prática organizada do esporte. Isso até o retorno de um menino, então aos 19 anos, dos estudos na Inglaterra. Nascido em São Paulo, o filho de um escocês com uma brasileira passara quase uma década na região de Southampton, onde se tornou admirador e praticante de vários esportes que, posteriormente, ajudaria a disseminar no Brasil; como o tênis, o rúgbi e até o polo aquático. O garoto se chamava Charles Miller. Ele passou longe de ser o único a trazer o futebol ao país; vários imigrantes, muitos deles anônimos em diversas cidades litorâneas do Brasil – e no caso do interior, os que trabalhavam na construção de ferrovias – levaram as peladas aos rincões tupiniquins. Miller ficou marcado por ir além.

Após retornar de terras inglesas, em fevereiro de 1894, a bordo do Magdalena, Charles possuía na bagagem os seguintes itens, hoje célebres: duas bolas de capotão (com uma bomba para enchê-las) e um livro de regras do futebol, além de chuteiras e uniformes. Contratado pela mesma empresa que o pai, a ferroviária São Paulo Railway Company, o menino fez dela um time, ainda que não um clube exatamente. O Dia Nacional do Futebol no Brasil é 19 de julho, escolha da CBF – então CBD, em 1976 – como um tributo ao Rio Grande, primeiro clube brasileiro fundado especificamente para a prática do esporte, em 1900. E de fato, a companhia em que Charles Miller trabalhou não se tornou um clube, mas inspirou até colegas de outros ramos. Pouco mais de um ano após Miller retornar ao Brasil, em 14 de abril de 1895, há exatos 125 anos, o time da São Paulo Railway Company venceu o time da São Paulo Gaz Company, por 4 a 2.


Região varzeana de São Paulo que inaugurou o futebol brasileiro virou parque ainda na década de 1920. (Reprodução/Arquivo Nacional)

Realizada na Várzea do Carmo, área no centro de São Paulo onde hoje fica o Parque Dom Pedro II, a partida inaugural do futebol organizado no país foi protagonizada basicamente por funcionários das duas empresas, imigrantes britânicos radicados na capital paulista. Charles Miller marcou dois gols na vitória de sua equipe. Apesar de não ter virado um clube de fato, o embrião da São Paulo Railway Company se tornou o que hoje é o Ferrinho, o Nacional Atlético Clube. Miller integrou o futebol ao São Paulo Athletic, existente desde 1888, antes principalmente para a prática do críquete. Pelo time, venceu quatro Paulistas e foi artilheiro em dois (inclusive na edição inaugural, em 1902, com os dois feitos juntos). Pouco após a aposentadoria de Charles Miller como jogador – ele virou árbitro –, o clube largou o futebol e deixou órfã a comunidade britânica, que fundou em 1919 o São Paulo Railway Athletic, que viraria o Nacional.


Já se chutava bolas pelo mundo antes dos ingleses inventarem o futebol moderno, assim como já se chutava bolas no Brasil antes de Charles Miller. É o papel dele como organizador do esporte, mesmo quando jogador e depois como juiz e dirigente, que é único na história do futebol brasileiro, hoje uma verdadeira instituição nacional.

Esta história em si talvez mereça, no futuro, ser contada separadamente aqui no NesF. Em 1946, a concessão ferroviária termina e o trecho passa a ser nacionalizado. Simbolicamente, o clube passa pela mesma transição: faz amistoso com o Flamengo, no Pacaembu, jogando como o Railway no primeiro tempo e se "nacionaliza" no segundo, transformando-se no Ferrinho. Hoje na Série A3 do Paulista, o Nacional é herdeiro direto do primeiro jogo do futebol organizado no país. É claro que, oito anos após a CBD definir o Dia Nacional do Futebol no Brasil, o Congresso ratificou a escolha. Desde 1984, portanto, 19 de julho é a data em que se comemora o esporte mais popular do país e do mundo. O legado do Sport Club Rio Grande merece a honra. Porém, foi o duelo entre trabalhadores, Gás vs Ferrovia, que abriu espaço. Aquele 14 de abril de 1895, há exatos 125 anos, foi um domingo. O primeiro domingo de futebol da história do Brasil.

 

#Brasil #História


#Regras #Regulamento #InauguraçãodoFutebol #PrimórdiosdoFutebol #CharlesMiller #SãoPauloRailwayCompany #SãoPauloGazCompany #VárzeadoCarmo #Southampton #NacionalSP #Calendário #CBD