banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

O Gabarito #1: Mundial do Atlético de Madri e mais

Novidade no blog destaca fatos esportivos da semana, como o primeiro marcador das Copas.


O futebol, como conhecemos hoje, tem mais de 170 anos. O esporte, como um todo, é muito mais antigo que isso. Diversas modalidades são praticadas de forma organizada há mais de 200 anos, mas a disputa amadora existe há milênios. Portanto, o que não faltam são histórias, fatos e curiosidades que recheiam a memória esportiva pelo mundo. Aqui, a coluna Calendário tenta resgatar algumas dessas lembranças, em especial do futebol brasileiro. Mas o NesF quer mais. Por isso, se você esqueceu daquele jogo histórico ou se apenas quer saber a semana em que foi fundada a Federação Goiana de Futebol, para impressionar seus amigos, veio ao lugar certo. Com muita pesquisa e ajuda de estudiosos do esporte, como Rodolfo Rodrigues, Sílvio Lancelotti e Ferreira da Costa, entre outros, estão elencados abaixo os destaques selecionados para a semana de 5 a 11 de abril de 2020:


Lucien Laurent, autor do primeiro gol da história das Copas, ainda viveu para ver sua França ser campeã em casa, em 1998. (Reprodução/Twitter FIFA)


5 de abril

50 anos do Vivaldão: estádio Vivaldo Lima, em Manaus, foi inaugurado em 1970, com vitória da Seleção brasileira B, por 4 a 1, contra um combinado amazonense. Dario, o Dadá Maravilha, fez o primeiro gol da arena.


6 de abril

85 anos de Luis del Sol: meio-campista cerebral, del Sol nasceu em 1935 e foi indicado inúmeras vezes ao prêmio de melhor jogador da Europa nos anos 1960, defendendo principalmente Real Madrid e Juventus. Também venceu uma Eurocopa com a Espanha, em 1964.


7 de abril

20 anos da morte de Barbosa: goleiro histórico do Vasco e da Seleção brasileira, titular na Copa de 1950 e injustiçado após a derrota para o Uruguai, Moacir Barbosa morreu no ano 2000, aos 79 anos, em Praia Grande, por decorrência de problemas hepáticos.


8 de abril

70 anos de Grzegorz Lato: ponta talentoso da geração de ouro da Polônia, Lato nasceu em 1950 e foi o artilheiro da Copa de 1974, o único polonês a conseguir o feito. Ele disputou mais dois Mundiais, em 1978 e 1982, além de ser medalhista olímpico: ouro em 1972 e prata em 1976.


9 de abril

10 anos do recorde de Eric Coda: tatuador vascaíno efetuou mais de 802 tatuagens em 2010, todas da Cruz de Cristo e num período de 24 horas, quebrando marca anterior de artista americano e entrando para o Guinness, o livro dos recordes.


10 de abril

45 anos do título mundial do Atlético de Madri: em partidas disputadas em 1975, mas válidas pelo Intercontinental de 1974, o Atlético venceu o Independiente pelo placar agregado de 2 a 1. Ao lado do Corinthians, o clube espanhol é o único a ser campeão sem antes ter vencido o continental – foi vice. Isso porque o vitorioso Bayern de Munique se recusou a jogar contra o Independiente.


11 de abril

15 anos da morte de Lucien Laurent: atacante francês autor do primeiro gol da história das Copas morreu em 2005, aos 97 anos, o último a falecer entre os integrantes do time que foi ao primeiro Mundial. O jogo, em 1930, terminou 4 a 1 para a França, sobre o México.

 

#Brasil #Mundo #História


#Curiosidades #FatosHistóricos #Dicas #Calendário #Vivaldão #DadáMaravilha #LuisdelSol #Espanha #Barbosa #Vasco #Seleção #CopadoMundo #GrzegorzLato #EricCoda #Tatuagem #Recordes #MundialdeClubes #AtléticodeMadri #LucienLaurent