banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

O Gabarito #19: o centenário e outros aniversários

Lusa faz 100 anos em semana de Re-Pa no cinema, festa da Ponte Preta, lateral do Fla e mais.


O futebol, como conhecemos hoje, tem mais de 170 anos. O esporte, como um todo, é muito mais antigo que isso. Diversas modalidades são praticadas de forma organizada há mais de 200 anos, mas a disputa amadora existe há milênios. Portanto, o que não faltam são histórias, fatos e curiosidades que recheiam a memória esportiva pelo mundo. Aqui, a coluna Calendário tenta resgatar algumas dessas lembranças, em especial do futebol brasileiro. Mas o NesF quer mais. Por isso, se você esqueceu daquele jogo histórico ou se apenas quer saber a semana em que foi fundada a Federação Goiana de Futebol, para impressionar seus amigos, veio ao lugar certo. Com muita pesquisa e ajuda de estudiosos do esporte, como Rodolfo Rodrigues, Sílvio Lancelotti e Ferreira da Costa, entre outros, estão elencados abaixo os destaques selecionados para a semana de 9 a 15 de agosto de 2020:


A Lusa comemora o centenário aguardando o retorno da Série A2 do Paulista, ainda em agosto. (Reprodução/Twitter APD)


9 de agosto

35 anos de Filipe Luís: o lateral-esquerdo do Flamengo, que já marcou o nome na história do time, é um dos jogadores mais vitoriosos desta década, inclusive na seleção. Cria do Figueirense, o lateral nascido em 1985 explodiu no La Coruña, antes de chegar ao Atlético de Madri e vencer duas Ligas Europa, um Espanhol, a Copa do Rei e de dois vices na Liga dos Campeões. Pelo Brasil, a Copa das Confederações e a Copa América. Sempre jogando bem, talvez com exceção de período no Chelsea.


10 de agosto

40 anos da despedida palmeirense de Oswaldo Brandão: o maior técnico do Palmeiras em todos os tempos é também o maior técnico do Corinthians em todos os tempo. Só isso já mostra o peso de Oswaldo Brandão. Foram 580 jogos à frente do Verdão e 435 no comando do Timão. Sim, o gaúcho treinou outros clubes, inclusive fora do país, passou até pela seleção, mas nada como a idolatria dos rivais. E em 1980, por revés para a Francana (1 a 0) no Paulista, ele deixa o Verdão pela última vez.


11 de agosto

120 anos da Ponte Preta: por pouco a Macaca não é o clube mais antigo do país a ser fundado para a prática do futebol; esta honra é do Rio Grande por cerca de 20 dias. O que não muda a tradição da Ponte, que em 1981 ficou a uma defesaça de Leão, goleiro do Grêmio, de fazer com o Fla de Zico a final do Brasileiro. Ainda assim, venceu por 1 a 0, com quase 100 mil pessoas no Olímpico. A Sul-Americana de 2013 também bateu na trave. O clube, fundado em 1900, segue atrás do grande título.


12 de agosto

50 anos do Paris Saint-Germain: em 1970, o Stade Saint-Germain e o Paris FC se fundiram, para criar um grande clube e representar a capital francesa no futebol. Porém, anos depois, as equipes se separaram, com o Paris FC ficando na elite e o PSG caindo para a Terceirona. A rota construída, de 1973 até 2020, para se tornar o time mais condecorado da França, está na história. Nove ligas, treze Copas, a Recopa Europeia, tantos ídolos... O objetivo original, representar Paris, foi bem cumprido.


13 de agosto

50 anos de Alan Shearer: o maior goleador da história da Premier League – e o quinto da história da liga inglesa, desde 1898. Não é preciso muito mais do que isso para saber o tamanho de Shearer, mas o título do Blackburn em 1995, a transferência recorde para o Newcastle e a idolatria por onde passou certamente ajudam. Foram 260 gols em 441 partidas na elite inglesa, entre 1992 e 2006, com média de quase 0,6 gol por jogo. O craque, nascido em 1970, fez mais de 300 jogos pelo Newcastle.


14 de agosto

100 anos da Portuguesa: com 35 participações na Série A do Brasileiro, a Lusa se mantém um dos mais importantes clubes da história do futebol nacional, mas o declínio é sensível desde a polêmica queda de 2013, em que perdeu quatro pontos e o Fluminense (ou o Flamengo, depende do ponto de vista) foi salvo. Novos rebaixamentos na B, na C e até no Paulista se seguiram. Desde 2015, o time joga a Série A2 estadual. Fundado em 1920, o centenário marca o terceiro ano seguido sem divisão.


15 de agosto

65 anos do Re-Pa #247: entre 1952 e 1954, o Remo foi tricampeão estadual seguido. E para 1955, o time de China teria que encarar o Paysandu de Pau Preto, que se preparava para época dominante que viria pela frente. Porém, os dois deram mole e quem levou o estadual foi a Tuna, que também viveu bons momentos nos anos 1950. Em clássico amistoso, que foi até filmado pelo ilustre Milton Mendonça e exibido em salas de cinemas de Belém, deu Leão: 2 a 1 para cima do Papão no Baenão.


 

#Brasil #Mundo #História


#Curiosidades #FatosHistóricos #Dicas #Calendário #JogadoresHistóricos #FilipeLuís #AtléticodeMadri #LigadosCampeões #Flamengo #OswaldoBrandão #Técnicos #TécnicosHistóricos #DérbiPaulista #Corinthians #Palmeiras #CampeonatoPaulista #CampeonatoBrasileiro #SérieA #PontePreta #Aniversário #Fundação #ClubesHistóricos #PSG #FutebolEuropeu #FutebolFrancês #Fusões #ParisFC #AlanShearer #FutebolInglês #CampeonatoInglês #Newcastle #Portuguesa #Lusa #Centenário #PaulistaA2 #RePa #Clássicos #Remo #Paysandu #PauPreto #Títulos #Tuna #Amistosos #Cinema #JogosHistóricos #Baenão