banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

O Gabarito #20: dois dias, o mesmo Re-Pa

Neymar, clássico que só terminou no dia seguinte e triste briga no Pacaembu marcam a semana.


O futebol, como conhecemos hoje, tem mais de 170 anos. O esporte, como um todo, é muito mais antigo que isso. Diversas modalidades são praticadas de forma organizada há mais de 200 anos, mas a disputa amadora existe há milênios. Portanto, o que não faltam são histórias, fatos e curiosidades que recheiam a memória esportiva pelo mundo. Aqui, a coluna Calendário tenta resgatar algumas dessas lembranças, em especial do futebol brasileiro. Mas o NesF quer mais. Por isso, se você esqueceu daquele jogo histórico ou se apenas quer saber a semana em que foi fundada a Federação Goiana de Futebol, para impressionar seus amigos, veio ao lugar certo. Com muita pesquisa e ajuda de estudiosos do esporte, como Rodolfo Rodrigues, Sílvio Lancelotti e Ferreira da Costa, entre outros, estão elencados abaixo os destaques selecionados para a semana de 16 a 22 de agosto de 2020:


Neymar ficou em 2010 e levou Libertadores no ano seguinte, mas saída em 2013 foi turbulenta. (Reprodução/Twitter SporTV)


16 de agosto

75 anos da criação do prêmio Belfort Duarte: João Evangelista Belfort Duarte foi um dos atletas pioneiros do futebol no Brasil. Conhecido pelo fair play, ele jogou pelo Mackenzie, em São Paulo e pelo América/RJ, onde foi campeão carioca, capitão e, depois, até mesmo presidente. Em 1945, foi criado um prêmio em sua honra, dado a jogadores que passassem dez anos sem uma expulsão, seja no futebol profissional ou amador – e em mínimo de 200 jogos. O prêmio durou de 1946 até 1981.


17 de agosto

70 anos do início do Re-Pa #198: era uma quinta-feira em Belém, cerca de um mês após a Copa de 1950, e Remo e Paysandu disputavam amistoso noturno no Baenão. Meses depois, em novembro do mesmo ano, o sistema de iluminação da Curuzu seria inaugurado. E naquela noite de agosto, com o Leão vencendo por 2 a 0 (gols de Jaime, de pênalti, e Itaguary), cai aquele já conhecido pau d’água. As lâmpadas dos refletores estouram aos 10’ do segundo tempo. E aí o restante do jogo fica para...


18 de agosto

70 anos do final do Re-Pa #198: sexta-feira de manhã, é claro, porque para disputar os últimos 35 minutos do clássico seria preciso luz natural. Portões abertos no estádio azulino e ainda teve outro gol, de Sílvio, fechando os 3 a 0 para cima do Papão. Era apenas um amistoso, mas os bicolores de Pau Preto saíram derrotados não apenas ali, naquele jogo que só terminou no dia seguinte, mas no Campeonato Paraense também. Afinal, em dezembro, viria o bi estadual para o time de Nagib Matni.


19 de agosto

10 anos do "fico" de Neymar: em 2010, o atual craque do PSG voava pelo Santos, mas não esteve na Copa do Mundo com a seleção. E por meses, só se falava do interesse do Chelsea em contar com Neymar. O Peixe rejeitou sondagens e propostas abaixo da multa rescisória, mas quando os ingleses se mostraram dispostos a pagar a multa, não dava para segurar. Assim, quem deu o "não" definitivo foi o próprio Neymar, aceitando o projeto de ídolo que o Santos tinha. E ainda ficou mais três anos.


20 de agosto

25 anos da Guerra do Pacaembu: em 1994, a Federação Paulista teve a ideia de criar nova Copa para mobilizar o interesse na disputa das categorias de base. Era a Supercopa São Paulo de Futebol Júnior, só com times que já haviam jogado uma final de Copinha. O Atlético/MG vence a primeira edição e, na segunda, a final é entre São Paulo e Palmeiras. O Verdão vence na prorrogação por 1 a 0, com gol de ouro. E o campo vira palco de batalha de torcidas, com 102 feridos e um assassinado.


21 de agosto

55 anos de Roberto Biffi: o zagueiro da base do Milan nunca jogou um jogo na Serie A italiana. O primeiro ano como profissional foi com os rubro-negros na Serie B. E dali em diante, ele se tornou um andarilho do futebol, até encontrar sua verdadeira casa; o Palermo. Foram mais de 350 partidas (recorde absoluto no clube) em 11 temporadas, com um título da Serie C1 no currículo e a idolatria eterna do torcedor. Nascido em 1965, Biffi se aposentou em 2006, após deixar as Águias em 1999.


22 de agosto

90 anos do nascimento de Gilmar: bicampeão mundial com a seleção e simplesmente campeão de tudo com o Santos de Pelé, "o goleiro maior" mereceu o cargo. Também é ídolo do Corinthians, que defendeu antes do Peixe. E aliás, volte lá para o início; ele foi condecorado com um prêmio Belfort Duarte, em 1966. Gilmar nasceu em 1930 e era só classe, eficiência e taças. Só oito paulistas, cinco torneios Rio-São Paulo, quatro Taças Brasil, um Robertão, duas Libertadores e um Mundial. Bom?


 

#Brasil #Mundo #História


#Curiosidades #FatosHistóricos #Dicas #Calendário #BelfortDuarte #JogadoresHistóricos #Mackenzie #AméricaRJ #Dirigentes #RePa #Clássicos #Remo #Paysandu #JogosHistóricos #Baenão #Apagão #Neymar #Transferências #Santos #MercadodaBola #SupercopaSãoPauloJúnior #GuerradoPacaembu #BrigasdeTorcida #Violência #Justiça #ChoqueRei #SãoPaulo #Palmeiras #RobertoBiffi #Palermo #FutebolItaliano #Gilmar #JogadoresHistóricos #CopadoMundo #Corinthians #Santos #TimesHistóricos