banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

O Gabarito #4: aniversário do Pacaembu e muito mais

Destaques passam por goleada do Leão em final, Pelé no banco e a seleção brasileira na África.


O futebol, como conhecemos hoje, tem mais de 170 anos. O esporte, como um todo, é muito mais antigo que isso. Diversas modalidades são praticadas de forma organizada há mais de 200 anos, mas a disputa amadora existe há milênios. Portanto, o que não faltam são histórias, fatos e curiosidades que recheiam a memória esportiva pelo mundo. Aqui, a coluna Calendário tenta resgatar algumas dessas lembranças, em especial do futebol brasileiro. Mas o NesF quer mais. Por isso, se você esqueceu daquele jogo histórico ou se apenas quer saber a semana em que foi fundada a Federação Goiana de Futebol, para impressionar seus amigos, veio ao lugar certo. Com muita pesquisa e ajuda de estudiosos do esporte, como Rodolfo Rodrigues, Sílvio Lancelotti e Ferreira da Costa, entre outros, estão elencados abaixo os destaques selecionados para a semana de 26 de abril a 2 de maio de 2020:


A histórica fachada do Pacaembu. (Werner Haberkorn/Creative Commons)


26 de abril

50 anos da "primeira reserva" de Pelé na Seleção: é claro que o Rei já havia sido reserva; tinha só 16 anos em 1957, quando fez gol na estreia pelo Brasil, contra a Argentina, usando a camisa 13. O curioso é que na preparação para a Copa de 1970, após anos só como titular, ele volta ao banco em amistoso contra a Bulgária, devido a testes de Zagallo. Pelé entra no segundo tempo e, desta vez, a camisa 13 era a “da sorte” do técnico.


27 de abril

80 anos do Pacaembu: um dos mais icônicos do Brasil, o estádio Paulo Machado de Carvalho foi inaugurado em 1940, após dois anos de obras. Com Getúlio Vargas e mais de 50 mil pessoas presentes, o desfile foi marcado por manifestações contrárias ao mandatário. Os primeiros jogos? Só no dia seguinte, em rodada dupla pela Taça Cidade de São Paulo, torneio amistoso entre Palmeiras (então Palestra Itália), Coritiba, Corinthians e Atlético/MG.


28 de abril

80 anos do Re-Pa #115: a primeira vez que o Paysandu ultrapassou o Remo na contagem de títulos paraenses foi pelos feitos do Esquadrão de Aço, time histórico que conquistou seis estaduais entre 1939 e 1947. No entanto, o ano de 1940 foi do Leão. Em seis jogos, o Papão venceu apenas um, que sequer foi disputado até o fim. Uma das três vitórias azulinas foi por 4 a 3, no Baenão, com direito a três gols de Marcos.


29 de abril

60 anos do primeiro jogo da Seleção na África: o ano de 1960 marcou a primeira excursão do Brasil pelo continente africano. Foram três vitórias contra o Egito – na época, devido a união política com a Síria, oficialmente tratado como República Árabe Unida. O primeiro jogo foi 5 a 0, seguido por triunfos de 3 a 1 e 3 a 0, já no mês de maio. Dos 11 gols marcados pela Seleção, quatro foram de Quarentinha e três de Pelé.


30 de abril

5 anos da "mão na taça" do Remo: em 2015, o time treinado por Cacaio foi longe. Recuperou-se no estadual a tempo de ser campeão paraense, garantir vaga na Série D e, posteriormente, retornar à Terceira Divisão após oito anos. No meio do caminho, teve a Copa Verde, em que a equipe passou pelo rival e enfiou 4 a 1 no Cuiabá no jogo de ida da final, com o Mangueirão lotado. Na volta, porém, tomou 5 a 1 e foi vice.

1º de maio

30 anos da morte de Djalma Dias: enquanto o filho Djalminha iniciava a carreira, Djalma Pereira Dias Júnior faleceu no Dia dos Trabalhadores, em 1990, em ironia do destino. Isso porque, após encantar o país no Palmeiras, o zagueiro ficou quase um ano sem jogar e sem receber, por negociação em que o Verdão estipulou valor impagável e "prendeu" o atleta. O caso gerou mudança na Lei do Passe em 1968, e Djalma Dias foi para o Atlético/MG.


2 de maio

85 anos de Luis Suárez: muito antes do craque uruguaio, um craque espanhol com o mesmo nome encantou o mundo. Nascido em 1935, na Corunha, Luis Suárez Miramontes passou a ser conhecido como Arquiteto, por sua visão de jogo. Eleito melhor do mundo em 1960, foi multicampeão com o Barcelona, liderou a Espanha ao título europeu de 1964 e se destacou na Inter de Milão de Helenio Herrera, bicampeã europeia e mundial.


 

#Brasil #Mundo #História


#Curiosidades #FatosHistóricos #Dicas #Calendário #Seleção #Pelé #Amistosos #JogosHistóricos #Zagallo #Pacaembu #Estádios #Política #RePa #Rivalidade #EsquadrãodeAço #Egito #Remo #CopaVerde #Cuiabaço #DjalmaDias #LeidoPasse #Justiça #JustiçaDesportiva #LuisSuárez #Espanha #FutebolEuropeu #Recordes