banner 2 globo esporte (branco).png
banner 1 globo esporte (branco).png

O Gabarito #6: aniversário de craques e muito mais

Em destaque: Raí, Nilton Santos, artilheiro belga, um goleirão do Liverpool e 115 anos do Sport.


O futebol, como conhecemos hoje, tem mais de 170 anos. O esporte, como um todo, é muito mais antigo que isso. Diversas modalidades são praticadas de forma organizada há mais de 200 anos, mas a disputa amadora existe há milênios. Portanto, o que não faltam são histórias, fatos e curiosidades que recheiam a memória esportiva pelo mundo. Aqui, a coluna Calendário tenta resgatar algumas dessas lembranças, em especial do futebol brasileiro. Mas o NesF quer mais. Por isso, se você esqueceu daquele jogo histórico ou se apenas quer saber a semana em que foi fundada a Federação Goiana de Futebol, para impressionar seus amigos, veio ao lugar certo. Com muita pesquisa e ajuda de estudiosos do esporte, como Rodolfo Rodrigues, Sílvio Lancelotti e Ferreira da Costa, entre outros, estão elencados abaixo os destaques selecionados para a semana de 10 a 16 de maio de 2020:


Raí Souza Vieira de Oliveira é o 11º maior artilheiro da história do São Paulo Futebol Clube. (Reprodução/Twitter)


10 de maio

110 anos do nascimento de Bernard Voorhoof: apenas cinco pessoas (quatro jogadores e um juiz) participaram de todas as três Copas do Mundo antes da Segunda Guerra Mundial. O artilheiro belga, nascido em 1910, foi uma delas. Com 30 gols em 61 partidas entre 1928 e 1940, ele passou 77 anos sendo o maior goleador da história da seleção, ultrapassado por Lukaku só em 2017, 43 anos depois de morrer. Pelo Lierse, conquistou três ligas da Bélgica.


11 de maio

35 anos da tragédia de Bradford: apenas vinte dias depois do incêndio durante um jogo da Terceira Divisão inglesa veio a tragédia de Heysel, o que fez o acidente na Inglaterra ser esquecido por muitos. Porém, ele fez ainda mais vítimas do que o ocorrido na Bélgica. Na última partida da temporada 1984/85, contra o Lincoln City, o campeão Bradford City receberia a taça no Valley Parade. No fim do primeiro tempo, a arquibancada começou a pegar fogo e rapidamente matou 56 pessoas e deixou 245 feridas. O estádio só foi reaberto em 1986, após mais de um ano de reformas.


12 de maio

50 anos de Carlos Secretário: marcado por uma passagem relâmpago pelo Real Madrid, em que agarrou um coelho que foi jogado mo gramado do Santiago Bernabéu, o lateral-direito português nasceu em 1970 e teve uma carreira brilhante. Duas Eurocopas com Portugal e mais de 340 jogos na liga, sendo 215 deles pelo Porto. Pelos Dragões, seis títulos portugueses, cinco Taças nacionais e uma Copa da UEFA. Hoje, Secretário é técnico nas divisões inferiores da França.


13 de maio

115 anos do Sport Club do Recife: um grupo de 23 esportistas – liderados pelo estudante Guilherme de Aquino Fonseca, recém-chegado da Inglaterra – se reuniu na Associação dos Empregados do Comércio do Recife, em 1905, para fundar um dos clubes mais tradicionais do Brasil. Efetivamente inaugurando o futebol organizado pernambucano, o Sport entra em campo pela primeira vez um mês depois, em 22 de junho, empatando por 2 a 2 com um time formado por funcionários de empresas britânicas.


14 de maio

80 anos do nascimento de Tommy Lawrence: dizem que "hoje em dia" os goleiros que trabalham bem com os pés são valorizados. O Porco Voador – apelido de Lawrence nos tempos de Liverpool – discorda. Nascido em 1940, já nos anos 1960 o goleirão escocês era aclamado pelas participações como líbero. Foram quase 400 jogos pelo time entre 1957 e 1971, duas taças do Campeonato Inglês e uma da Copa da Inglaterra. Lawrence morreu em 2018, aos 77 anos.


15 de maio

55 anos de Raí: o Terror do Morumbi jogou quase 400 partidas pelo São Paulo e marcou quase 130 gols. Defendeu a seleção brasileira por mais de dez anos, venceu Jogos Pan-Americanos e Copa do Mundo, foi ídolo na França, enfileirando taças nacionais (e uma europeia) com o PSG e hoje é um dos homens-fortes do futebol no Tricolor paulista. Com a camisa do São Paulo, como jogador, o meia levou duas Libertadores, um Mundial, um Brasileiro e cinco Paulistas.


16 de maio

95 anos do nascimento de Nilton Santos: o melhor lateral-esquerdo de todos os tempos, segundo eleição da FIFA em 2000, foi um homem de um clube só. Profissionalmente, a Enciclopédia do Futebol só defendeu o Botafogo, cujo estádio hoje leva o seu nome. Foram mais de 700 jogos, um recorde pelo clube, com dois títulos de Rio-São Paulo e quatro estaduais. Na seleção, 85 jogos e quatro Copas do Mundo seguidas entre 1950 e 1962, com um bicampeonato, além do ouro Pan-Americano em 1952. Nilton Santos faleceu em 2013, aos 88 anos.


 

#Brasil #Mundo #História


#Curiosidades #FatosHistóricos #Dicas #Calendário #Voorhoof #Bélgica #CopadoMundo #Artilharia #Tragédia #BradfordCity #ValleyParada #TragédiadeBradford #CarlosSecretário #Porto #RealMadrid #Eurocopa #CopadaUEFA #CampeonatoPortuguês #CampeonatoEspanhol #Sport #Fundação #Aniversário #TommyLawrence #Goleiros #Líberos #Liverpool #CampeonatoInglês #CopadaInglaterra #Raí #Craques #SãoPaulo #PSG #Seleção #JogosPanAmericanos #Libertadores #MundialdeClubes #CampeonatoBrasileiro #CampeonatoPaulista #NiltonSantos #Botafogo #Ídolos #JogadoresHistóricos #RioSãoPaulo #CampeonatoCarioca #Recordes